ao pressionar mais a região lombar, podem contribuir para a dor na coluna, que pode ser muito intensa - Foto:Reprodução/Internet
Ao pressionar mais a região lombar, podem contribuir para a dor na coluna, que pode ser muito intensa – Foto:Reprodução/Internet

Os especialistas se dividem em relação ao uso de sapatos de salto alto na gravidez. Todos, no entanto, concordam que o uso do salto alto modifica a postura e altera seu centro de gravidade, colocando mais pressão sobre a região lombar da coluna, já bastante vulnerável na gestação.

Os que defendem o uso de sapatos baixos lembram que os ligamentos que garantem a estabilidade da coluna ficam mais frouxos durante a gravidez, o que os deixa mais sujeitos a lesões e sobrecargas. É por isso que grávidas correm mais risco de torcer o pé, e o salto alto também contribui para o risco.

Outro problema dos saltos altos, segundo alguns médicos, é que, ao pressionar mais a região lombar, podem contribuir para a dor na coluna, que pode ser muito intensa.

Leia também:  Novo teste pode ajudar a descobrir se bebê será prematuro

Sapatos de salto plataforma são mais confortáveis para andar, mas têm o mesmo risco de queda: eles tornam muito mais fácil virar o pé, principalmente quando o piso é irregular (como calçadas com buracos ou piso de paralelepípedos).

Mesmo os médicos que não veem problemas no uso do salto recomendam que a gestante tome a decisão baseada no seu conforto. Por exemplo, levar um par de tênis ou sapatos baixos na bolsa e calçá-los depois do trabalho (ou no final da festa). Ou passar para os modelos sem salto a partir das 25 semanas de gestação. Ou ainda abrir mão do salto para fazer as tarefas do dia-a-dia e só usá-lo em ocasiões especiais.

Leia também:  Saúde | Saiba quais os cuidados que devemos ter com o tempo seco

É necessário levar em consideração que um outro efeito da gravidez é fazer os pés aumentarem. Além de correr o risco de ficar com bolhas nos pés, pode acabar laceando demais seu sapato favorito, que pode acabar ficando largo demais para usar depois da gravidez.

Há mulheres que se sentem desconfortáveis de usar sapatos completamente sem salto ou rasteirinhas. Esse tipo de sapato também pode favorecer a pressão no calcanhar e na coluna. Se esse é o caso, procure um sapato de salto baixo e base larga, que dê bastante sustentação

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.