O ex-analista de inteligência americano Edward Snowden, procurado pela justiça de seu país por espionagem e bloqueado em um aeroporto de Moscou há três semanas, tomará uma decisão sobre seu destino em breve, informou um advogado russo.

“Ele está me consultando sobre as diferentes opções”, disse o advogado Anatoly Kucherena, ligado ao Kremlin, que participou na reunião de Snowden com ativistas dos direitos humanos na sexta-feira.

“Depois da reunião, estamos em contato de forma frequente”, disse Kucherena.

“Acredito que vai tomar uma decisão nos próximos dias.”

“Como não conhece russo nem a legislação, expliquei tudo sobre o estatuto de refugiado e as leis que o definem”, disse o advogado.
Edward Snowden ganhou fama ao revelar que o governo dos Estados Unidos tinha um vasto programa de espionagem das comunicações, que incluía autoridades de países aliados.

Leia também:  Grande inundação que atingiu os EUA deixa milhares de pessoas desabrigadas

O ex-analista que prestava serviços para a Agência Nacional de Segurança americana está na zona de trânsito de um aeroporto de Moscou desde 23 de junho, quando chegou à capital russa procedente de Hong Kong.

Snowden anunciou na sexta-feira a intenção de solicitar asilo político na Rússia, à espera da autorização para viajar à América Latina, onde Venezuela, Bolívia e Nicarágua anunciaram que estão dispostos a oferecer asilo.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.