A secretária reforçou que tem como meta atingir 80% da área de cobertura de Estratégia de Saúde da Família (ESF)  - Foto: Varlei Cordova/AGORA MT
A secretária reforçou que tem como meta atingir 80% da área de cobertura de Estratégia de Saúde da Família (ESF) – Foto: Varlei Cordova/AGORA MT

Bom Pastor, Cidade Alta, Marechal Rondon, Jardim das Paineiras, Jardim Adriana, Dom Osório, Jardim Belo Horizonte e Portal das Águas são os bairros de Rondonópolis que receberão os novos Postos de Saúde da Família, após a retirada do nome da cidade do ‘rol de inaptos’ do Ministério da Saúde.

Marildes Ferreira, secretária do Município, explica que por falta de licitações e ordens de serviços para os projetos de construções de cinco unidades de saúde, aprovados em 2011, Rondonópolis estava inapto a receber qualquer tipo de recurso do Ministério da Saúde, todavia agora o problema foi solucionado.

Além de R$ 408 mil, para cada uma das unidades, o Ministério também liberou recursos para ampliação das unidades do Conjunto São José, Vila Olinda, Monte Líbano e a Policlínica da Vila Operária.

Leia também:  União perde em casa e dá adeus ao sonho da Série C

A secretária reforçou que tem como meta atingir 80% da área de cobertura de Estratégia de Saúde da Família (ESF) e esses projetos colaborarão com a reestruturação dos serviços. Segundo o Ministério da Saúde, Rondonópolis cobre 46,75% do ESF, para um contingente habitacional de quase 203 mil habitantes.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.