A Associação Brasileira de Instituições Financeiras de Desenvolvimento realizou nesta quinta-feira, 18 de julho, na sede do BNDES,  no Rio de Janeiro, o Workshop Financiamento a Municípios. A Associação Mato-grossense dos Municípios foi convidada para apresentar a parceria que desenvolve com a Agência de Fomento de Mato Grosso-MT Fomento, e as demais ações oferecidas aos municípios.

A apresentação das ações e serviços da AMM foi feita pela assessora técnica, Carmem Gimenez, e as ações do MT Fomento foram apresentadas pelo diretor de Operações da agência, Julio Shimizu. A MT Fomento e a instituição trabalham em parceria na viabilização de créditos aos municípios.

A Associação Brasileira de Instituições Financeiras de Desenvolvimento, ABDE, através do diretor, Marco Antonio Lima, convidou também as entidades municipalistas, como a Confederação Nacional dos Municípios, CNM e a Frente Nacional de Prefeitos, para participarem do evento.

Leia também:  'Quem perder o prazo da biometria não vai ter que pagar multa de R$ 150', diz TSE

Durante o Workshop, representantes do Ministério das Cidades apresentaram painéis sobre planejamento urbano, saneamento básico e plano de resíduos sólidos. O painel sobre financiamento para os municípios teve a participação de agências de Fomento de   estados como Bahia e São Paulo.  Os temas tiveram a participação dos representantes da Desenbahia,  Badesul, Bandes  e  Desenvolve SP.

O evento também contou com a participação de diretores da Caixa econômica federal, Banco do Brasil, que abordaram as linhas de financiamentos do BNDES.

VISITA

O presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios, Valdecir Luiz Colle, Chiquinho,  recebeu a diretoria do BNDES, na  AMM, em abril. Na ocasião, o diretor nas áreas de Infraestrutura, Meio Ambiente, Agropecuária e Inclusão Social do BNDES,  Guilherme Narciso de Lacerda, destacou a importância do trabalho desenvolvido pela associação.

Leia também:  Com probabilidades de chuvas, período exige cautela de motoristas nas rodovias

O BNDES já está analisando a possibilidade de destinar recursos para um projeto de apoio à gestão dos municípios. Com os recursos, a instituição municipalista contaria com mais condições para ampliar a equipe de técnicos e a oferta de serviços visando consolidar o desenvolvimento socioeconômico dos municípios.

A elaboração de projetos para captação de recursos é um dos exemplos de ações que podem ser desenvolvidas. Guilherme Lacerda informou que uma das alternativas para financiamento dos municípios é o Programa de Modernização da Administração Tributária e Gestão dos Setores Sociais Básicos  – PMAT.

O programa tem como objetivo apoiar projetos de investimentos destinados à melhoria da eficiência, qualidade e transparência da gestão púbica. O BNDES  buscará alternativas para investimento nos pequenos municípios, por meio de recursos não reembolsáveis, a partir do fundo social do banco. A instituição financeira pretende dar continuidade nos projetos PMAT para os municípios através da AMM.

Leia também:  CNJ pune juíza do MT que participou de carnaval durante licença médica

Na avaliação do presidente da AMM,  a parceria com o BNDES é fundamental para fortalecer a economia do municípios de Mato Grosso.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.