Os parlamentares observam que que além de melhorar a imagem da cidade, a demolição do prédio também é uma forma de reduzir os locais onde os andarilhos e dependentes possam se encontrar. Foto: Ricardo Costa/AGORA MT
Os parlamentares observam que que além de melhorar a imagem da cidade, a demolição do prédio também é uma forma de reduzir os locais onde os andarilhos e dependentes possam se encontrar. Foto: Ricardo Costa/AGORA MT

O antigo laticínio Beira Rio, localizado na Vila Ipanema, foi demolido na manhã deste sábado (13), o prédio estava abandonado e colocava em risco a segurança dos moradores da região. A iniciativa é uma proposta dos vereadores Adonias Fernandes (PMDB), Claudio da Farmácia (PMDB) e Mauro Campos (PT) em parceria com a Secretaria Municipal de Promoção e Assistência Social e Companhia de Desenvolvimento de Rondonópolis (CODER).

O vereador Adonias afirmou que os moradores da região cobravam uma solução para o prédio, pois se tornou ponto de encontro de andarilhos, dependentes químicos e todos os tipos de pessoas que procuram se esconder ou tenham más intenções.

Claudio da Farmácia observa inclusive que os frequentadores do local também perturbam os trabalhos do CRAS Rio Vermelho, que fica ao lado do antigo laticínio, pois além do forte cheiro de entorpecente que invade o prédio onde são desenvolvidos trabalhos com idosos e crianças os andarilhos aproveitam para utilizar os banheiros do centro.

Leia também:  Rondonópolis terá duas representantes no Miss Mato Grosso 2017

Outro ponto observado pelos parlamentares é que além de melhorar a imagem da cidade, a demolição do prédio também é uma forma de reduzir os locais onde os andarilhos e dependentes possam se encontrar e com isso forçá-los a procurar um atendimento.

Os vereadores observaram que a ideia é aproveitar o local, que pertence a prefeitura, e transformá-lo em uma área de lazer para a comunidade.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.