Uma das figuras mais importantes e conhecido como “a voz do UFC”, Bruce Buffer já passou por muito28 dentro da jaula. Mais do que quem acompanha o evento poderia imaginar. Em sua biografia, que será lançada em agosto em português, ele revelou que já se lesionou durante o anúncio de uma luta – mas engoliu a dor e se manteve frio até o final.

Buffer conta no livro “It’s Time – Minha visão 360 graus do UFC” que o caso ocorreu nada menos que no maior evento já organizado pelo UFC, a edição 129, em Toronto, no Canadá. Foram 55 mil espectadores, até hoje o recorde de público do Ultimate.

Leia também:  Público reage e evita prejuízo para o União

Nas palavras do announcer:

“Entrando no espírito da coisa, Georges projetou-se na minha direção. Saltei para trás enquanto rugia… ST-PIEEERRE! Mas ao pular para trás meu pé latejou e senti uma dor cortante no joelho direito (…) Assisti à luta (contra Jake Shields) da lateral, horrorizado com o fato de que meu joelho direito oscilava de um lado para outro. Por dentro só pensava ‘meu joelho acabou. Nunca mais vou poder apresentar do meu jeito’.”

Buffer descobriu que rompeu o menisco em três lugares e o ligamento cruzado anterior do joelho direito. Mas, como sabemos, está bem e pode apresentar normalmente as lutas do Ultimate até hoje, como fará no UFC Rio 4, dia 3 de agosto.

Leia também:  União tem estreia contra o Dom Bosco confirmada

O locutor aproveitará a presença no Brasil para lançar a versão brasileira da biografia: dia 2 de agosto ocorre a sessão de autógrafos logo após a pesagem do UFC Rio, na HSBC Arena; dia 5 de agosto ele vai a São Paulo, na Livraria Cultura do Shopping Market Place.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.