A casa onde Rusiovando foi morto fica nos fundos do mercado da família-Foto: Varlei Cordova/AGORA MT
A casa onde Rusiovando foi morto fica nos fundos do mercado da família-Foto: Varlei Cordova/AGORA MT

Mais de um mês após a morte do empresário Rusiovando Firmino Gomes, 49 anos, pouco se ouviu falar sobre o andamento do caso. O mercado, localizado no bairro Boa Esperança, que o pai de família tocava já foi assaltado mais uma vez após o crime.

No dia do crime, três disparos foram feitos, dois tiros atingiram a mão e o braço direito do jovem Hugo Keflen, filho da vítima que também estava na casa, e o outro transfixou o peito do pai dele que chegou a ser socorrido pelo Samu, mas não resistiu aos ferimentos.

Cerca de vinte dias após o crime o local foi assaltado mais uma vez por dois menores armados. Hugo também estava no momento do segundo assalto.

Leia também:  Dupla acusada de ameaçar prefeito de Jaciara em grupo de whatsApp é presa

Ele afirmou que ainda não teve nenhuma resposta da polícia a respeito do caso do pai e que a família até alugou o mercado na sexta-feira (12) pois ficaram inseguros com o crime e o roubo.

A nossa equipe de reportagem não conseguiu encontrar o delegado responsável pelo caso na sexta-feira (12). Na próxima semana entraremos em contato com o delegado novamente para saber como anda o caso.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.