Resolução do Senado Federal publicada nesta quinta-feira (11) no “Diário Oficial da União” cria uma área no site do Senado para que cidadãos possam manifestar se apoiam ou não projetos que tramitam na Casa. De acordo com o texto, basta a pessoa fazer cadastro no site para usar a ferramenta.

A resolução entra em vigor a partir da data de publicação, mas no site do Senado ainda não aparece o novo mecanismo. A assessoria de imprensa do Senado informou que ainda não tem a data de quando o dispositivo vai estar acessível à população.

A ferramenta, segundo a assessoria de imprensa do Senado, vai ser parecida com a utilizada em algumas redes sociais, que permitem ao usuário dizer se gosta ou não de determinado conteúdo publicado.

Leia também:  Reunião com Núcleo Gestor do Plano Diretor acontece na Câmara de Vereadores na quinta-feira

De acordo com a resolução, na consulta da tramitação de um projeto no site do Senado haverá um indicador que vai mostrar quantas pessoas já manifestaram apoio ou rejeitaram a matéria.

Na prática, o fato de muitas pessoas desaprovarem um projeto não vai ter o poder de derrubar a matéria, mas poderá servir de base para os senadores perceberem a reação do eleitor a determinado tema.

Depois dos protestos populares que ocorreram em várias cidades do país nas últimas semanas, o Senado vem tentando implementar o que chama de “agenda positiva”, com projetos que aproximem o cidadão da Casa, como é o caso da nova ferramenta criada pelo resolução. A agenda positiva também prioriza projetos que atendam às reivindicações que foram feitas nas ruas, como mais transparência na política e maior participação popular nos assuntos do país.

Leia também:  Vereador vai à Cuiabá procurar parcerias entre os poderes

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.