São computados em dezenas de milhares também, os sobreviventes que tornam-se inválidos - Foto: Arquivo/AGORA MT
São computados em dezenas de milhares também, os sobreviventes que tornam-se inválidos – Foto: Arquivo/AGORA MT

As estatísticas demonstram que, a cada ano,  centenas de milhares de pessoas são vítimas de acidentes de trânsito no Brasil. Dentre elas, aproximadamente 50 mil são vítimas fatais, das quais 30 mil morrem no local do acidente. São computados em dezenas de milhares também, os sobreviventes que tornam-se inválidos.

O impacto social causado pelas mortes no trânsito é muito intenso, pois a grande maioria das vítimas tem entre 18 e 35 anos e pertence à faixa economicamente mais produtiva e ativa da nossa sociedade.

Quando analisamos as estatísticas envolvendo motos, os números são ainda mais impressionantes. As motos representam aproximadamente 7% da frota brasileira de veículos, mas estão envolvidas em 35% dos acidentes.

Leia também:  Incêndio na Biblioteca Municipal de Rondonópolis

Todos os usuários diários do trânsito, seja como passageiros, pedestres ou condutores são responsáveis pelo bem estar desse meio social. Porém, quanto à Segurança no Trânsito, sem dúvida a maior responsabilidade cabe aos condutores.

Dirigir ou Pilotar defensivamente é evitar acidentes ou diminuir as conseqüências de um acidente inevitável, apesar dos erros, das condições adversas e da irresponsabilidade de outros condutores e pedestres.

As técnicas de Direção e Pilotagem Defensiva estão agrupadas em cinco elementos básicos: conhecimento, atenção, previsão, habilidade e ação.

Conhecer as Condições Adversas

Condições Adversas são fatores ou combinações de fatores que contribuem para aumentar as situações de risco no trânsito, podendo comprometer a segurança. O condutor deve ser capaz de identificar os riscos e agir corretamente diante dessas situações, adotando os procedimentos adequados para cada uma.

Leia também:  Eventos vão tratar da prevenção da violência na 1ª Infância

Os tipos de situações adversas são:

Iluminação -luz, ofuscamento, penumbra e noite; Tempo – condições climáticas, chuva, granizo e neblina; Vias – vias mal conservadas ou mal sinalizadas;Trânsito –trânsito lento ou congestionado, tráfego intenso de veículos pesados;Veículo – falta de manutenção; Cargas – carga mal distribuída, mal embalada ou acondicionada inadequadamente; Passageiros – barulho, brigas, passageiros que passam mal, excesso de passageiros; Condutor –álcool, drogas e medicamentos, sono e fadiga.

Todas as técnicas de Direção ou Pilotagem Defensiva foram elaboradas e desenvolvidas para evitar acidentes. Com a utilização destas técnicas, hoje é possível evitar acidentes que antes eram considerados inevitáveis.

Mesmo os pilotos experientes e cuidadosos são expostos a situações perigosas. O piloto deverá estar treinado e qualificado para sair do perigo. É necessário ter habilidade para reagir rápida e corretamente.

Leia também:  A maneira correta de chamar o cliente para dentro do estabelecimento comercial
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.