O clima após a vitória do Olimpia por 2 a 0 sobre o Atlético-MG, na partida de ida da final da Libertadores, foi de tensão em Assunção. Depois do jogo, dois torcedores da equipe paraguaia morreram atropelados durante os festejos pelo triunfo, segundo a “Radio Monumental”, enquanto grupos das torcidas se enfrentaram, com o saldo de um brasileiro ferido.

As vítimas paraguaias foram identificadas como Carlos Javies Palacios e Carlos Rodrigo Fleitas Franco, ambos de 23 anos. Palacios morreu no local, enquanto o Franco faleceu no hospital. O motorista se entregou horas depois do incidente e dava sinais de estar embriagado.

Além deste episódio, houve também um duelo entre torcedores do Olimpia e do Atlético-MG, segundo a “Radio Canal”. O confronto aconteceu na cidade de Capiatá, próxima a Assunção, e teria começado com uma emboscada dos paraguaios aos ônibus dos fãs do Galo. Na confusão, o brasileiro Bruno Augusto da Silva quebrou a perna. Em represália, os brasileiros teriam destruído carros nas ruas.
Olimpia e Atlético-MG voltam a se enfrentar na próxima quarta-feira, em Belo Horizonte. Os paraguaios podem perder por até um gol de diferença que conquistam o título da Libertadores. Ao Galo, resta vencer por três gols de diferença para ser campeão ou por dois para levar o duelo para a prorrogação.

Leia também:  Casal mata grávida e tenta fazer parto forçado para roubar bebê no Amazonas
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.