A entrevista desta semana é com o comandante da Força Tática da Polícia Militar (PM), capitão Candido que está à frente do grupo a cerca de quatro meses em Rondonópolis. Antes de assumir a função na cidade, o Candido vivia em Cuiabá e atuava no Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE).

No bate-papo o capitão contou sobre o trabalho realizado por esse grupamento especial da PM. Os policiais que atuam nessa área recebem orientações especializadas em ocorrências complexas e atendimento em situações de risco, que exijam resoluções rápidas.

De acordo com o capitão, para pertencer ao grupo é preciso participar de um treinamento onde se aprende à doutrina de força tática, técnicas de abordagem, operações em regiões alagadas, patrulhamento urbano e rural, noções de altitude, identificação veicular, tiro e ações táticas. Confira a entrevista completa.

Leia também:  Órgãos de segurança combatem a exploração sexual e favorecimento a prostituição em Rondonópolis

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=UAG9L2aT5ZI&feature=c4-overview&list=UUCUete_T6eFKbuUNfvFx40A[/youtube]

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.