Divulgação/TV Globo
Divulgação/TV Globo

 

 

Não é de hoje que Ester (Grazi Massafera) está a ponto de explodir na mansão dos Albuquerque. Ao saber que Dionísio (Sérgio Mamberti) acusou Doralice (Rita Guedes) de roubo e demitiu a cozinheira, a loira fica possessa e decide jogar umas verdades na cara do velho.

Ester solta que Dionísio é o verdadeiro ladrão daquela casa e conta que foi ela quem pegou o relógio dele.

— “Aquele relógio nunca foi seu. (…) Incluindo aquele anel que disse que era uma joia de família! Era mesmo, só que da minha família, da família do meu pai, dos meus avós! (…)  Aquele judeu que você enganou, na verdade se chamava Joseph Schnaider. Portanto, velho miserável, não houve roubo nenhum nesta casa. Eu apenas tomei de volta o relógio que você, sim, roubou do meu avô, setenta anos atrás”, desabafa Ester.

Leia também:  Rico e Lázaro | Belsazar diz que Nabonido não leva jeito para governar

Chocado, Dionísio mal consegue acreditar na revelação de Ester. Ele se lembra da maldição que a cigana lhe lançou muitos anos atrás e finalmente entende suas palavras.

— “O menino. Samuel. O menino é Samuel!”, diz.

Impactado, Dionísio sente uma pontada no coração e começa a passar mal.

A cena vai ao ar nesta terça-feira (2) em Flor do Caribe.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.