O Barcelona ficou sem treinador por apenas quatro dias. Como já esperado por toda a imprensa espanhola, o clube catalão confirmou na manhã desta terça-feira a contratação do argentino Gerardo “Tata” Martino, de 50 anos, como novo treinador da equipe.
O ex-técnico do Newell’s Old Boys assinará contrato por duas temporadas, substituindo Tito Vilanova – que precisou deixar o cargo na última sexta para intensificar o tratamento contra um câncer na glândula parótida.

Ainda não está definida a data de apresentação do treinador, que precisa viajar para Barcelona para resolver algumas pendências e assinar o vínculo. Desta forma, a equipe deve ser comandada pelo auxiliar Jordi Roura no amistoso contra o Bayern de Munique, nesta quarta-feira, na Alemanha – o SporTV transmite o jogo ao vivo a partir de 13h30m (de Brasília), e o GloboEsporte.com faz a cobertura em Tempo Real.
Martino será o 52º treinador a ocupar o cargo, sendo o quarto argentino. Helenio Herrera foi o primeiro, com duas passagens pelo clube (entre 1958 e 1960, e de 1979 a 1981). Roque Olsen foi o responsável pelo time de 1965 a 1967. César Luis Menotti, que tinha boa relação com Maradona, foi o último, nas temporadas 1983-1984 e 1984-1985.

Leia também:  Odil Soares é o mais novo Técnico do Luverdense

Nascido em Rosário, Tata fez fama inicialmente no Newell’s como jogador de meio de campo, disputando 509 partidas, muitas delas sob comando do compatriota Marcelo Bielsa, de quem adotou algumas de suas filosofias como treinador. Gerardo é um dos ídolos do pai de Lionel Messi – também rosariano – e conta com a admiração do camisa 10 do clube catalão.
Gerardo Martino ganhou destaque com seus dois últimos trabalhos, na seleção paraguaia, entre 2006 e 2011, chegando até as quartas de final da Copa do Mundo de 2010, quando perdeu por 1 a 0 para a Espanha, e no Newell’s Old Boys, entre 2012 e 2013. No clube argentino, conquistou o último Torneio Final e parou nas semifinais da Taça Libertadores deste ano, sendo eliminado pelo Atlético-MG nos pênaltis. É admirador confesso do ex-treinador do Barça, o catalão Pep Guardiola, que assumiu o campeão alemão e europeu Bayern de Munique no fim da temporada passada.
– Eu me sinto identificado com o estilo de futebol que o Barcelona joga – disse Martino ao jornal esportivo espanhol “Marca” em junho.

Leia também:  Paranatinga | Atleta de Jiu Jitsu conquista duas medalhas de ouro em campeonato internacional
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.