Veneranda afirmou que a situação da 2ª Ciretran e a 87ª Agencia Vip está caótica. Foto: Ronaldo Teixeira/AGORA MT
Em assembleia geral na noite dessa quinta-feira(11), os servidores do Detran-MT aprovaram indicativo de greve para o dia 29 de julho. Foto: Ronaldo Teixeira/AGORA MT

Em assembleia geral na noite dessa quinta-feira(11), os servidores do Detran-MT aprovaram indicativo de greve para o dia 29 de julho. O motivo é a precariedade que as unidades se encontram no Estado inteiro e a falta de recursos para investimentos entidade que é a segunda maior arrecadadora do governo com receita de mais R$ 1milhão por dia.

Os deputados se propuseram a intermediar uma reunião com o governador Silval Barbosa(PMDB) para tentar sanar o problema dos recursos para o Detran-MT e assim dar condições de funcionamento. “Estamos aguardando a confirmação dos deputados para a reunião com o governador Silval Barbosa(PMDB) no intuito de encontrar uma solução para a liberação de recursos para dar as mínimas condições de funcionamento para as unidades em Mato Grosso”, afirmou Veneranda Acosta.

Leia também:  Projeto oferece capacitação nos EUA a professores de língua inglesa da educação básica pública

Como ainda não há uma definição sobre a data e o horário da reunião o Sindicato dos Servidores do Detran(Sinetran-MT) deliberou a greve em todas as unidades do Detran.

“Esperamos que nesses 15 dias o governo possa negociar e chegar a um consenso para que não precisemos fazer a greve. Nosso interesse é resolver a situação que acaba refletindo no usuário”, comenta Veneranda

O indicativo de greve valerá para todas as unidades do Detran-MT do Estado a partir do dia 29, caso não haja uma resolução para as reivindicações apresentadas pela categoria.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.