Padre Jônatas Marcos da Silva Santos - Foto: assessoria
Padre Jônatas Marcos da Silva Santos – Foto: assessoria

Orando e vigiando com o coração cheio de expectativas e fé, os 55 jovens católicos peregrinos de Jaciara estão prontos para embarcar na próxima segunda-feira (22) em destino ao Rio de Janeiro para participar do maior encontro católico do ano. Segundo os organizadores da Jornada Mundial da Juventude – JMJ 2013 estão sendo esperados cerca de 2,5 milhões de fiéis.

O grupo está sendo organizado pela paróquia São Francisco de Assis. Para o vigário responsável, o pároco Padre Jônatas Marcos da Silva Santos, esse é um momento expressivo de encontro entre jovens de diversas nações e muito significativo para juventude jaciarense. “A JMJ é um momento de profunda experiência e encontro com Jesus, com o espírito missionário.

Leia também:  Governo estende até 31 de dezembro o prazo de decreto para atualização no Simcar

Desde o momento em que cheguei na cidade, como pároco percebi que a JMJ era uma possibilidade de abertura, não só de um encontro com jovens do mundo inteiro, mas principalmente de animação e renovação da resposta da juventude de Jaciara no convite que Deus nos faz em ser missionários”, destacou.

Benedito Wanclei da Silva (20) se declara católico desde nascença. Contando um pouco de sua história na caminhada da fé, ele revela participar de vários movimentos dentro da igreja, sendo alguns envolvendo liturgias, cursos de batismo e catequese.

O crediarista acredita estar passando por uma verdadeira provação. De mochila nas costas, trajado com a camisa do encontro, o jovem não esconde a alegria em confirmar a sua ida a JMJ. “Estou com o coração a mil. Tive problemas de saúde e o médico me deu 15 dias de atestado, não me liberando para ir a esse encontro maravilhoso. Mas agora ele me liberou e estou muito feliz. Essa é mais uma provação que eu passei”, relatou.

Leia também:  Matrículas para o ano letivo 2018 podem ser feita pela internet

Acompanhando o tema do Evangelho de Mateus: Ide, pois, fazer discípulos entre todas as nações!, o encontro também despertou uma atenção especial por parte da Comissão Organizadora, que tem promovido a Semana Missionária com diversas atividades, envolvendo missas matinais diárias e formações de catequese.

A JMJ foi criada pelo Papa João Paulo II em 1985, quando abençoou a Cruz, que percorre o mundo inteiro. A Jornada é realizada a cada dois anos. No ano passado, o evento foi realizado em Madri, na Espanha. A 14ª edição será no Rio de Janeiro, no período de 23 a 28 de julho de 2013, pela primeira vez no Brasil.

 

 

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.