Abertura da 49ª edição do Festival do Folclore de Olímpia-SP – Foto da assessoria
Abertura da 49ª edição do Festival do Folclore de Olímpia-SP – Foto da assessoria

Mato Grosso é lembrado na 49ª edição do Festival do Folclore de Olímpia-SP, com apresentações de grupos folclóricos e parafolclóricos. O evento acontece entre os dias 20 e 28 de julho no Parque de Exposições da cidade e conta com palestras e exibição de grupos mato-grossenses.

As diversas formas de expressão, representada pelas danças, lendas e contos que sintetizam a herança mato-grossense, principalmente, das raças indígena e afrodescendente serão o foco das atividades na festa. O evento contará com 72 grupos, sendo 52 folclóricos, 18 grupos parafolclóricos e dois balés folclóricos para transmitir a cultura dos homenageados.

Durante o festival também será realizado o Seminário de Estudos com diversas palestras sobre Mato Grosso, onde abordará temas como, “Cultura e Tradição Mato-grossense”, “São Gonçalo e a devoção de um povo”, “Unificação dos conhecimentos indígenas associados às danças folclóricas ‘cururu e siriri’ na cultura do Pantanal Mato-grossense do Brasil”, “O Siriri. Uma releitura”, e “Vila Bela da Santíssima Trindade – MT e suas manifestações culturais remanescentes de quilombo”.

Leia também:  Após 6 dias, fogo que destruiu 12 mil hectares é extinto em parque de MT

Também haverá apresentações de danças de cururu e siriri dos grupos São Gonçalo Beira Rio, Curussé Nativo, Raízes Cuiabana, Flor do Campo, Curussé Asa Branca, Curussé Semente Nativa, Associação Folclórica do Siriri e Cururu, Vitória Régia do Pantanal e escola Irma Tereza Soares, todos de Mato Grosso.

O Festival do Folclore de Olímpia é reconhecido como o maior do gênero no país, destacando-se por preservar e celebrar a cultura brasileira, a cada ano homenageia um Estado diferente. O evento é realizado pela Associação Olimpiense de Defesa do Folclore Brasileiro, Prefeitura Municipal de Olímpia e Secretaria de Cultura, Esportes, Turismo e Lazer, com apoio do Governo do Estado de São Paulo, Secretaria da Cultura e ProAC – Programa de Ação Cultural do Estado de São Paulo. Este projeto cultural foi elaborado pela Fama Produções e Consultoria.

Leia também:  Reconstrução da Estrada da Guia será lançada no sábado (16.09)

São esperadas cerca de 70 mil pessoas durante os nove dias de evento.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.