Os testes em Silverstone, a princípio, eram para novatos. Mas foi permitida a presença de titulares para ajudar no desenvolvimento dos novos pneus Pirelli, em razão do “festival” de compostos furados no GP da Inglaterra. E coube a um piloto jovem – mas já com uma imensa história na Fórmula 1 – fazer o melhor tempo da semana. Ele, Sebastian Vettel, tricampeão mundial com apenas 26 anos, entrou pela primeira vez na pista apenas na tarde desta sexta-feira, último dia de atividade. Foi o suficiente para cravar 1m32s894 e ficar no topo da atividiade

O tempo marcado por Adrian Sutil na parte da manhã foi o bastante para deixar o alemão da Force India na segunda posição nesta sexta. O francês Nicolas Prost, filho do tetracampeão Alain Prost, melhorou sua marca com a Lotus e fechou o dia como terceiro colocado, seguido pela jovem promessa da RBR, o espanhol Carlos Sainz Jr.. Na parte da tarde, o italiano Daive Rigon, que guiou a Ferrari na quarta e na quinta, assumiu o cockpit do F138 no lugar de Felipe Massa e conseguiu tempo melhor que o anotado pelo brasileiro na parte da manhã. Os dois terminaram, respectivamente, em quinto e sexto.

Leia também:  Atleta rondonopolitana é ouro no salto em altura

Um das grandes atrações do dia foi a participação de Susie Wolff com o carro da Williams. Em um meio predominantemente masculino, a escocesa de 30 anos não se intimidou. Melhorou em quase um segundo seu tempo da manhã e fechou com 1m35s093, em nono, sendo mais rápida que outros sete pilotos. A sessão marcou também a primeira oportunidade do russo Daniil Kvyat, de 19 anos, com um F-1. Ele guiou uma STR.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.