Os vereadores Adonias Fernandes (PMDB), Claudio da Farmácia (PMDB), Cido Silva (PP) e Roni Magnani (PP), conduziram na noite desta segunda-feira (22), uma Audiência Pública para debater a legalização fundiária de Rondonópolis.

Segundo o vereador Adonias Fernandes (PMDB), o objetivo da reunião é ajudar os moradores a regularizar suas moradias. “Há mais de 17 mil casas em Rondonópolis que não estão legalizadas, ou seja, estas pessoas não podem fazer financiamentos e vender legalmente. Eles moram há anos nas residências, porém não são donos oficialmente, por não possuírem documentos que compravam”, disse Adonias.

Para o vereador Cláudio da Farmácia (PMDB), a audiência ajudará os moradores nesta situação a se orientarem melhor. “Esta reunião é só um ‘ponta pé’ inicial, pois cada caso é um caso, vamos ouvir a sociedade”, e concluiu. “Há muitos casos diferentes, são pessoas que invadiram áreas verdes, ou situações de riscos, então há muito trabalho a se fazer”, finalizou Cláudio.

O parlamentar Roni Magnani falou que é preciso agora buscar parcerias com Ministério Público e outros órgãos para dar agilidade nos processos. “É o que chamamos de via de mão dupla, é bom para o morador que legaliza sua moradia e bom para o poder público, já que com a legalização passa a receber o IPTU da residência”, finalizou.

Leia também:  Rondonópolis é notificada para revogar lei que autoriza loteamento em zona rural
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.