Juca Lemos coordenação do Procon - Foto: Ricardo Costa / AGORA MT
Juca Lemos, coordenador do Procon – Foto: Ricardo Costa / AGORA MT

O Conselho Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) apresentou esta semana a organização da 41° Exposul, um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) que valerá durante a realização da festa agropecuária.

No termo, foram apresentadas sugestões e reivindicações sobre preços cobrados em bares, sanitários, estacionamentos e segurança.

“Apresentamos recomendações para que não haja cobrança abusiva dos preços das bebidas, mesmo não havendo regras para ajustamento de valores no Brasil, é claro que os trabalhadores devem ganhar dinheiro na festa, porém, não podem tratar os visitantes como uma fonte de exploração”, esclareceu Juca Lemos.

MEIA ENTRADA

Juca Lemos disse que no acordo também foi tratado sobre a meia entrada na portaria e nas boates dentro da Exposul. Ainda é válido o desconto para estudantes, professores da rede publica e estadual e doadores de sangue, todos regulamentados por leis municipais que amparam o desconto se apresentado a carteirinha.

Leia também:  Manutenção nesta quinta-feira (17) irá comprometer abastecimento de água em Rondonópolis

“O consumidor que se sentir lesado deve procurar o Procon, seja pela meia entrada ou por outros motivos. Nós estaremos com estande durante a festa, prontos para orientar os consumidores que nos procurar. Esperamos não ter que notificar ninguém”, finalizou o coordenador.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.