Foto: Milan Jurek / stock.xchng
Foto: Milan Jurek / stock.xchng

 

Respiração com chiado no peito, irritação, falta de ar, choro frequente e tosse podem ser sinais de bronquiolite. A doença é causada por alguns vírus, especialmente pelo vírus sincicial respiratório, e acomete crianças, em geral abaixo de dois anos, e particularmente nos primeiros seis meses de vida.

A incidência da bronquiolite é maior nos meses de outono e inverno e, pela alta contagiosidade, os riscos são maiores principalmente em crianças que frequentam creches e escolinhas.

Sintomas

De acordo com a pediatra do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos, Sonia de Lourdes Liston Colina, os sintomas da bronquiolite são a tosse, o chiado no peito e a falta de ar, podendo variar a intensidade de acordo com cada caso.

Leia também:  No Dia da Gestante, conheça os exames obrigatórios no pré-natal

— Os pais devem ficar atentos para o surgimento de cansaço na respiração, irritabilidade (choro frequente) e tosse persistente. Nesses casos, devem procurar o serviço médico de emergência para que a criança possa ser avaliada quanto à gravidade do caso e receba as medicações necessárias — afirma a especialista.

Tratamento

Em alguns casos, que evoluem com baixa oxigenação, é necessário um atendimento mais cuidadoso, podendo levar à internação. A complicação mais comum é broncopneumonia.

Para proteger seu bebê da bronquiolite, evite que ele permaneça em ambientes fechados nas estações de outono e inverno. Cuide da higienização, lavando bem as mãos ao ter contato com a criança ou usando álcool em gel. Se possível, evite o contato com outras crianças resfriadas.

Leia também:  O que a dieta tem a ver com a inflamação?
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.