Sem acordo com o Santos, Robinho vai mesmo ficar no Milan. O vice-presidente dos rossoneri, Adriano Galliani, confirmou nesta quinta-feira a permanência do brasileiro, ressaltando que o o jogador não tem a intenção de trocar o clube por outro na Europa.
– Robinho nunca pediu para ser negociado, e sim para voltar para o Santos, que é a sua casa. Não chegamos a um acordo com os brasileiros, portanto Robinho está muito feliz em ficar conosco – disse Galliani ao jornal “Corriere dello Sport”.
Além da permanência de Robinho, o dirigente confirmou o interesse na contratação do meia Keisuke Honda, do CSKA de Moscou. O japonês chegaria ao Milan em janeiro, em transferência sem custos.
– Honda tem contrato com o CSKA até 31 de dezembro e, portanto, pode negociar com outro time. Espero que em janeiro ele possa assinar com o Milan – completou.

Leia também:  Atletas sub 16 de Rondonópolis participam de competição em Cuiabá

Galliani afirmou ainda que o elenco do Milan não deve sofrer mais alterações nesta primeira parte da temporada. O meia Ljajic, da Fiorentina, chegou a ser cogitado, mas as conversas não avançaram. Já Boateng deve continuar no clube.
– Ljajic foi um princípio de negócio, mas agora não é mais nosso objetivo. Estamos bem servidos no ataque. Boateng vai continuar. Ele nunca pediu para sair, e ninguém fez sondagem por ele. Não há negociação em curso.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.