Foto: Vilson de Jesus/ALMT
Foto: Vilson de Jesus/ALMT

Em reunião hoje (09/07) na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (AL-MT), o secretário de Estado de Esportes e Lazer (Seel/MT), Ananias Filho, propôs à Casa de Leis a reformulação do Projeto Olimpus, que prevê a concessão de bolsa para atletas mato-grossenses destaques nas modalidades que representam. A defesa, de acordo com ele, ocorre pela necessidade de aperfeiçoamento do programa e consequente solução dos problemas quanto à liberação dos recursos para repasse aos esportistas.

“A reformulação do Projeto Olimpus é primordial para que o Governo do Estado consiga atender à demanda do esporte mato-grossense e dos atletas com o perfil do projeto. É preciso haver um esforço concentrado da Seel/MT, das federações e dos esportistas para melhorar o programa, pois, da forma como está sendo conduzido, o Estado sozinho não conseguirá corresponder às expectativas da população. Estamos sugerindo mudanças. Uma delas é quanto aos critérios de participação adotados no Programa, que precisam ser mais rigorosos. Outra é uma nova avaliação dos valores”, destacou.

Leia também:  Estoque de empregos nos laticínios registrou queda de 0,28% em MT

Ananias Filho complementou que esteve hoje na AL-MT para falar com os parlamentares sobre as ações desenvolvidas pela Pasta e as dificuldades para manter a liquidez frente ao conhecido endividamento do Estado. “Desde 2012, não houve homologação de novas bolsas, pois não há recursos para repassar aos atletas. No total, as solicitações chegam a R$ 5mi no período, mas, na prática, a dívida não existe, já que as inclusões não foram analisadas pela comissão da Seel/MT nem aprovadas pelo Consed”. A sigla refere-se ao Conselho Estadual do Desporto do Estado de Mato Grosso.

Mesmo assim, o secretário ressaltou que o Governo do Estado entende a dificuldade dos esportistas e quer resolver o problema com a urgência que eles necessitam. “É por isso que a Seel/MT está atuando em sintonia com a Secretaria de Fazenda e a Secretaria de Planejamento para conseguirmos os recursos e contemplar os atletas”.

Leia também:  Atleta de Rondonópolis fica com cinturão do Conselho Mundial de Muaythai

O encontro ocorreu dentro da pauta da reunião da Comissão de Educação, Ciência, Tecnologia, Cultura e Desporto. Em resposta, os parlamentares comprometeram-se com o secretário a somar esforços para solucionar os problemas enfrentados pela Pasta, em especial quanto aos recursos do Projeto Olimpus.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.