Foto: internet
Foto: internet

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) negou provimento ao recurso da coligação “Lambari D’Oeste de Mãos Dadas” e manteve a diplomação da prefeita Maria Manea da Cruz.

A ação visava à reforma de uma decisão de primeira instância que havia condenado a gestora ao pagamento de uma multa, mas negado a cassação de seu mandato.

Maria Manea é acusada de ter realizado contratações irregulares de servidores em períodos vedados por lei, durante a campanha eleitoral em 2012, quando disputou a reeleição.

Advertisements
Leia também:  Em clima quente com bate-boca e empurrões sessão do Senado é suspensa

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.