Fachada da UFMT  05
Foto: Arquivo AGORA MT

Os Membros da Associação dos Docentes da Universidade Federal de Mato Grosso (Adufmat) de Rondonópolis não participarão da assembleia geral que será realizada nesta quinta-feira (4), às 14h, em Cuiabá, que avaliará o indicativo de greve da categoria.

De acordo com o professor Antônio Gonçalves, mais conhecido como Tati, em reunião com diversas entidades e professores na data de ontem (02), eles decidiram não participarem do ato.

“Nosso movimento não irá participar porque achamos que este ato não tem objetivo”, confirmou.

No ano passado, os professores da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) entraram em greve por 127 dias, retomando as aulas apenas em outubro, suspendendo o movimento, mas mantendo as cobranças de melhorias. A principal delas era reestruturar o plano de carreira além de investimento na infraestrutura das instituições.

Leia também:  BoaVista SCPC alerta para os riscos da venda à crédito
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.