“A violência entre jovens está crescente segundo aponta os números divulgados no dia 18 passado no mapa da violência do Centro Brasileiro de Estudos Latino-Americanos (Cebela). Este estudo revelou o aumento de jovens assassinatos em Rondonópolis. Nos anos de 2009, 2010 e 2011, tínhamos uma média de 26 assassinatos de jovens por ano e agora em 2013 esse número pode dobrar segundo os índices apresentados do primeiro semestre.

O estudo ainda revela um aumento de 326% de mortes de jovens no Brasil nos últimos anos”, disse o vereador Thiago Silva.

Ele explicou que o mapa da violência aponta que em 2011, Rondonópolis foi a 5ª cidade de Mato Grosso onde mais jovens eram assassinatos em razão da criminalidade. “A tendência para este ano é ficarmos em 2º lugar no Estado. Houve nos últimos anos uma interiorização da criminalidade, e cidades como Rondonópolis que apresenta um crescimento econômico relevante, não teve na mesma proporção investimento no aparato da segurança pública”, externou o vereador.

Leia também:  Silvio Negri pede mais atenção em relação a Unemat e defende participação popular na discussão sobre mobilidade urbana

Os números ainda apontam que em Rondonópolis está assassinando mais jovens do que em cidades pólos como Porto Velho (RO) e Uberaba (MG).

“Esta triste realidade só será revertida com atuações eficazes de Estado, fazendo com que as políticas públicas para a juventude saiam do papel e transformem em ações práticas voltadas para o resgate de nossos jovens das garras da morte prematura causada pela criminalidade que tem destruído o futuro de nossa cidade”, explicou Thiago Silva.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.