O norte-americano Derek Medina se apresentou, nesta quinta-feira (8), à polícia de Miami alegando que havia assassinado a mulher e postado a foto da vítima no Facebook.

De acordo com a rede de televisão NBC, o homem foi até a delegacia afirmando que havia matado a mulher Jennifer Alfonso e agora as autoridades estão investigando o caso.

O que mais chamou a atenção do crime foi o fato de Medina publicar em sua página de uma rede social da internet a foto de Jennifer morta. O post macabro surpreendeu amigos da vítima e do próprio assassino.

Medina alegou no Facebook que sua mulher estava batendo nele e ele não conseguiu se conter e matou a garota. Além disso, Medina afirmou que deverá pegar prisão perpétua ou até mesmo a pena de morte pelo crime.

A NBC informou que a polícia descobriu a mulher dentro de uma casa no sul de Miami. Depois, Derek, de 31 anos de idade, apareceu na delegacia e disse que matou a mulher durante uma discussão.

Leia também:  Cientistas criam método que detecta uso de cocaína pela impressão digital

Uma criança — supostamente filho do casal— também foi encontrada no local ileso .

Medina postou em seu perfil uma foto de sua mulher após o tiroteio em uma página do Facebook. A imagem é forte e mostra Jennifer inclinada para trás, com os joelhos dobrados, o rosto e o braço coberto de sangue.

Ele também eu postou uma confissão logo depois da foto que dizia:

“Eu estou indo para a prisão ou pena de morte por matar a minha mulher. Amo vocês caras.Saudades caras. Se cuidem. Pessoas do Facebook vocês vão me ver nos noticiários”

A polícia de Miami-Dade assumiu o caso.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.