Momento em que os presos saiam do Cisc para entrar na viatura - Foto: Ricardo Costa / AGORA MT
Momento em que os presos saiam do Cisc para entrar na viatura – Foto: Ricardo Costa / AGORA MT

Oito presos que estavam detidos no Centro Integrado de Segurança e Cidadania (Cisc) foram transferidos para o presídio Major Eldo de Sá “Mata Grande” após uma longa negociação. Devido à greve no sistema penitenciário, agentes se negavam em receber os presos e por isso o Cisc estava ficando com excesso de pessoas.

Depois uma reunião entre o delegado Regional, Henrique Meneguelo, e o diretor do SOE, Ailton Ferreira, houve a negociação e os agentes se sensibilizaram e aceitaram receber os presos, pois a permanência deles no Cisc representa perigo tanto para os funcionários quanto para a própria sociedade por não ser um local adequado para tantos detidos.

O 1º Secretário da subsede do sindicato de Rondonópolis, José Magno Maximino, afirmou que apesar da greve eles entendem e estão zelando pela segurança da sociedade e tranquiliza a população quanto a segurança que está sendo realizada na penitenciária “As pessoas podem ficar tranquilas quanto a segurança da Mata Grande, estamos fazendo tudo o que é necessário e está ao nosso alcance, não há riscos” afirmou ele. José Magno afirmou também que na negociação ficou acertado de que eles irão aceitar a entrada dos presos até segunda-feira (5). “Este é um acordo entre as unidades para que a sociedade não sofra” disse.

Leia também:  Três homens são presos suspeitos de homicídio em Paranatinga

O Fórum Sindical de Mato Grosso também apóia a greve dos agentes penitenciários.

Agentes estão de braços cruzados em frente a Penitenciária - Foto: Ricardo Costa/ AGORA MT
Agentes estão de braços cruzados em frente a Penitenciária – Foto: Ricardo Costa/ AGORA MT

Entre os presos estava o suspeito de latrocínio Dayvid Luiz da Silva que foi capturado na madrugada de ontem (31) pela Polícia (leia aqui).

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.