ismael cala

‘Chá de cadeira’, foi o que o apresentador da rede de notícias norte-americana CNN, Ismael Cala, ‘tomou’ após marcar uma entrevista com o presidente boliviano Evo Morales. 

O jornalista que saiu de Miami com sua equipe, com destino à Bolívia, foi submetido a esperar por seis horas pela entrevista, até a assessoria do presidente cancelar o encontro. A rede CNN havia marcado o bate papo há cerca de três meses e confirmado pela equipe do governo boliviano às vésperas da viagem.

A resposta dada pelo governo ao jornalista é que houve mudança de agenda e que, além disso, o presidente estava esgotado devido aos festejos de 6 e 7 de agosto.

Irritado com o descaso, o jornalista disse que colegas de profissão já chegaram a esperar dois ou três dias para falar com o cocaleiro. Mesmo sem a presença de Evo, Ismael Cala publicará a entrevista em seu programa, com a cadeira do presidente vazia, nesta segunda-feira (12).

Leia também:  Ex- integrante do Karametade é preso na França suspeito por morte de argentino no RJ
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.