A luta entre Dan Henderson e Vitor Belfort, no Brasil, está acordada entre ambas as partes, de acordo com o telejornal oficial do Ultimate, “UFC Tonight”, mas o brasileiro segue lançando provocações em direção ao desafeto Chael Sonnen. Na madrugada de terça-feira para quarta, o carioca publicou em suas redes sociais uma “cutucada” pelo “Gângster Americano” não ter aceito a luta com ele, e ainda aproveitou para brincar com o papel de Sonnen como apresentador do telejornal, ao lado do ex-lutador Kenny Florian.

– Sonnen, você é um ator muito bom. Mas você não conseguiu esconder que está muito aliviado que não tem de me enfrentar. Eu sei através de um amigo muito próximo de você que, já que eu nocauteei seu técnico Matt Lindland, você tem muito medo de lutar comigo. Não tenha medo de admitir, e deixe meu amigo Kenny Florian falar. Só você fala – escreveu Belfort, em post publicado no Twitter.

Leia também:  Pesso chega e começa a montar o União

Lindland era um dos treinadores de Sonnen quando este treinava na equipe Team Quest, e foi derrotado por Belfort no extinto evento Affliction, em janeiro de 2009, em apenas 37s. Sonnen, todavia, treina atualmente na academia Reign, de Mark Muñoz.
Mais Combate.com: confira as últimas notícias do mundo do MMA

Belfort e Sonnen já trocam farpas pela imprensa há anos, mas nunca tiveram uma luta marcada. Após a vitória de Sonnen sobre Maurício Shogun no último sábado, o carioca emitiu novo desafio ao americano, que, em entrevista na mesma noite, disse aceitar o combate. Todavia, o próprio Sonnen passou as últimas semanas fazendo campanha para enfrentar outro brasileiro: Wanderlei Silva, com quem também troca provocações há anos. O presidente do UFC, Dana White, declarou após a luta de sábado que haviam muitas opções para o americano em seguida e ainda avaliaria qual seria a melhor delas.

Leia também:  Brasileira leva ouro em natação e se torna a 1° campeã mundial do país

Antes do UFC 163, Belfort havia declarado que tinha dois alvos para sua próxima luta: ou Sonnen, ou Dan Henderson, veterano ex-campeão de duas divisões no Pride e dos pesos-meio-pesados do Strikeforce, que vem de duas derrotas consecutivas no UFC. Segundo o noticiário “UFC Tonight”, “Hendo” deve ser mesmo o próximo adversário do brasileiro, provavelmente no evento de 9 de novembro em Goiânia.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.