No dia 26 de outubro, o Ultimate vai voltar à Inglaterra trazendo como luta principal o encontro entre Michael Bisping e Mark Muñoz, pelo peso-médio. Conhecido por ser um dos principais provocadores da organização, assim como Chael Sonnen, o inglês não perdeu a oportunidade de começar a citar o rival em suas declarações. Em um tom que mistura respeito e crítica, Bisping prometeu vitória em casa.

– Ele (Muñoz) é um grande wrestler, mas acho que é unidimensional. Eu me recuso a perder para qualquer um que se refere a si mesmo como tendo um estilo Donkey Kong. Sou muito hábil para ele. Muñoz vai tentar me levar para o solo e usar esses golpes fortes que ele tem. São muito poderosos, e não estou subestimando ele, é um lutador muito talentoso. Mas olha, vou dar socos na cara repetidamente e, eventualmente, ele vai cair. Em 26 de outubro, eu vou acabar com ele, e ninguém mais vai pensar nele – disse Bisping ao canal “Fuel TV”.

Leia também:  2ª Noitada de Boxe Olímpico acontece em Rondonópolis

O inglês também usou o caso de depressão de Mark Muñoz para provocá-lo. O americano, sem poder lutar por conta de uma lesão, afetou seu lado psicológico, e ele chegou a pesar 118kg. Ele deu a volta por cima, bateu os 84kg do peso-médio e venceu Tim Boetsch no UFC 162, no início de julho.

– Se vocês achavam que Muñoz estava deprimido antes, no dia 27 de outubro, um dia após a luta, ele vai estar muito mais deprimido – provocou Bisping.
O card do UFC: Bisping x Munõz começou a ser montado nesta semana. Além da luta principal, o UFC anunciou apenas mais uma luta: Ross Pearson x Melvin Guillard, pelo peso-leve.

Leia também:  União e Luve decidem o Estadual Sub-19

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.