O Cadastro Positivo, lista com nomes e dados dos bons pagadores, começa a ser implantado em todo o país no dia 1º de agosto. Essa novidade pretende melhorar a oferta de crédito para os bons pagadores (juro menor é o que se espera da medida).
Fernando Segato, da Crowe Horwath Macro Auditoria e Consultoria, diz que “haverá um estreitamento da confiança entre as empresas e os bons pagadores”. O Cadastro Positivo vai promover novos meios para a redução das taxas de juros e o crescimento das relações comerciais.
Sagato cita alguns países onde a regra foi implementada, como Chile, México e Estados Unidos, e onde teve um bom desempenho. Algumas experiências obtidas pelo mercado internacional demonstram que os juros caem com o funcionamento do Cadastro Positivo.
De acordo com o site do SPC, os participantes do Cadastro Positivo poderão:
Ter acesso gratuito a todas as informações existentes a seu respeito no banco de dados, no momento da solicitação, inclusive o seu histórico de crédito;
Solicitar o compartilhamento de novas fontes a qualquer momento;
Pode solicitar a correção ou cancelamento de qualquer informação erroneamente contida no sistema;
Solicitar o cancelamento do seu cadastro a qualquer momento.
Para participar do Cadastro Positivo, aproveitando as suas vantagens e possibilitando o acesso dos seus dados pelas empresas, é necessário que você autorize o cadastro de suas informações, mediante o preenchimento de um termo específico.

Leia também:  Mais de mil cabeças de gado morrem por suspeita de intoxicação em MS
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.