Foto: assessoria
Foto: assessoria

Indígenas de quatro etnias mato-grossenses representaram ontem (9) os diferentes povos do Brasil em uma cerimônia cultural que marcou o lançamento dos 12º Jogos dos Povos Indígenas. O evento ocorrerá de 11 a 19 de outubro, em Cuiabá. O rito, composto por danças, cantos, orações e plantio, foi realizado no Jardim Botânico, bairro Sucuri, como simbologia da preparação da terra e pedido de bênçãos para a área, onde 1,6 mil representantes de 48 etnias do país e de 16 países das Américas, Europa e Oceania estarão reunidos para celebrar e valorizar a cultura indígena.

A cerimônia cultural e espiritual foi dividida em dois momentos. Primeiro, com danças e cantos celebrados por Bororos, Manoki e Parecis, e orações entoadas por um pajé e caciques Nambikwara. As diferentes manifestações espirituais representaram as boas-vindas e o pedido de benção da terra. “É tradição indígena abençoar o local onde ficarão. É um momento de pedir proteção e alegria aos bons espíritos”, explica o coordenador cultural do Comitê Intertribal de Memória e Ciência Indígena (ITC), Carlos Terena. Ao fim, crianças indígenas e não indígenas celebraram a integração e união dos povos por meio da instalação do Tronco Indígena, simbolizada pelo plantio de uma muda de Ipê.

Leia também:  Avião com 400 kg de cocaína é apreendido em Tangará da Serra

Depois da cerimônia, houve a apresentação do mapa do local, com explicação sobre toda a infraestrutura que será montada no Jardim Botânico para realização do evento. O rito espiritual e cultural representou o segundo momento do ato de lançamento dos 12º Jogos dos Povos Indígenas, que começou pela manhã, no Palácio Paiaguás, com a assinatura dos termos de compromisso entre os órgãos e instituições parceiras visando à realização do evento. “Com a realização dos Jogos Indígenas, Mato Grosso demonstra o valor que dá para a cultura indígena e o respeito à diversidade dos povos, além de mostrar ao mundo sua capacidade de realizar eventos deste porte”, destacou o secretário de Estado de Esportes e Lazer (Seel-MT), Ananias Filho.

Leia também:  Comércio lidera geração de empregos em Nova Mutum

Ontem foi escolhido para o lançamento por marcar o Dia Internacional dos Povos Indígenas. Além de Cuiabá, Nova Iorque e Genebra, sede das Nações Unidas, realizaram um ato indígena alusivo à data. Os Jogos dos Povos Indígenas é um projeto de iniciativa indígena organizado pelo ITC, desde 1996. Neste ano, será realizado pelo Governo de Mato Grosso com apoio do Ministério do Esporte, Prefeitura de Cuiabá, Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e outros órgãos. Além das disputas, haverá a Feira Agrícola Indígena, Mostras de Artesanatos, Literaturas e Ciência da Computação.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.