A jovem Maria Lúcia Xavier, 18 anos, já é mantida como refém em uma casa no bairro Três Poderes, em Rondonópolis, pelo ex-marido, Valmir Maciel Alcangelo. O suspeito é ex-marido da vítima e já tem passagem pela policia em Jaciara. Ele mantém uma faca no pescoço da jovem enquanto a Polícia Militar e Tática fazem as negociações.

De acordo com as primeiras informações, o cárcere privado teve início por volta das 10h, quando o mesmo rendeu a mulher e uma recém nascida que é filha do suspeito, porém após negociações a criança teria sido liberada.

A casa onde acontece o sequestro é do avô da vítima. Maria Lúcia e a filha recém-nascida, teriam vindo de Jaciara há pouco tempo.  Maria Lúcia se separou do marido e arrumou outro cônjuge, ela veio para Rondonópolis após sofrer ameaças. Ontem (19), o suspeito já havia rondado a residência do avô, chegando a dormir na varanda da casa, fazendo ameaças a vítima.

Leia também:  Colisão entre veículos de carga deixa quatro pessoas feridas na BR-364

No local está uma equipe da Polícia Militar (PM), da Força Tática e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência. O comandante regional, coronel Walter Silveira dos Santos e o comandante do 5º BPM, Major Sandro.

14h10 -Valmir chora muito e afirma que não sairá da casa sem a moça. O capitão Cândido tenta negociar para que ele se entregue. A ambulância avançada do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) acaba de chegar ao local e é cogitada a possibilidade sedá-lo com um copo com água contendo um remédio.

15h45 – Há poucos instantes, Valmir, que mantém a ex-esposa, Maria Lúcia, como refém há mais de seis horas solicitou a presença do Juiz Criminal, Vladimir Perry para que ele participe das negociações.

Neste instante o juiz já está a caminho da casa onde o ex-presidiário continua a ameaçar a ex-mulher com uma faca no pescoço.

Vladimir Perry chega ao local do sequestro - Foto: Varlei Cordova / AGORA MT
Vladimir Perry chega ao local um homem mantém a ex-mulher em cárcere privado – Foto: Varlei Cordova / AGORA MT

16h10 – Apesar de solicitar a presença do juiz, Valmir, acabou reusando a intermediação de Vladimir Perry, “Apesar de solicitar a minha presença ele acabou não querendo falar comigo e está irredutível em propósitos”, disse o juiz.

Leia também:  Mulher atropelada ao atravessar a rua para ir a igreja morre em hospital

O negociador da Policia Militar, capitão Cândido,  aguarda a chegada de parentes do sequestrador, que estão vindo da cidade de Jaciara, para tentar persuadir o homem a se entregar.

O juiz Vladimir Perry deixa a casa após a recusa de Valmir em negociar - Foto: Varlei Cordova / AGORA MT
O juiz Vladimir Perry deixa a casa após a recusa de Valmir em negociar – Foto: Varlei Cordova / AGORA MT

16h20 – Acabam de chegar no local o delegado regional, Henrique Meneguelo e a titular da delegacia especializada da defesa da mulher, Divina Aparecida Vieira da Silva.

O delegado regional, Henrique Meneguelo, está no local onde Maria Lúcia está sob poder do ex-marido há mais de seis horas - Foto: Varlei Cordova / AGORA MT
O delegado regional, Henrique Meneguelo, está no local onde Maria Lúcia está sob poder do ex-marido há mais de seis horas – Foto: Varlei Cordova / AGORA MT

16h45 – A mãe da vítima, Maria Lúcia Xavier, mantida pelo ex-marido, identificado apenas como Valmis, acaba de chegar a local. A casa onde Maria Lúcia é mantida pertence ao seu avô e ela estava escondida de Valmir desde que fugiu de Jaciara.

A mãe de Maria Lúcia Xavier que é mantida refém por seu ex-marido, identificado apenas como Valmir, acaba de chegar ao local - Foto: Varlei Cordova / AGORA MT
A mãe de Maria Lúcia Xavier, que é mantida refém por seu ex-marido, identificado apenas como Valmir, acaba de chegar ao local – Foto: Varlei Cordova / AGORA MT

17h17 – As negociações avançam, um par de algemas são entregues ao negociador, é um indício de que o fim do cárcere privado de Maria Lúcia pode acontecer a qualquer instante.

Leia também:  Vaqueiro é preso por furtar gado do patrão em MT

17h30 – Valmir retrocede expulsa o negociador do quarto e se tranca novamente com a ex-mulher. Valmir chora compulsivamente.

18h10 – Acabou! Valmir acaba de se entregar à PM, para deixar a mulher ele exigiu que pudesse ver a filha antes de ser levado preso.

Valmir Maciel Alcangelo, já tem passagem pela policia onde foi enquadrado na Lei Maria da Penha após bater na própria mãe.

Valmir manteve sua ex-esposa, Maria Lúcia Xavier, como refém por mais de oito horas, o tempo todo com uma faca no pescoço da jovem. Durante todo o episódio o capitão Cândido da Força Tática, esteve no quarto, tentando negociar a libertação de Maria Lúcia.

Neste instante o Valmir será levado ao Instituo Médico Legal (IML) para exame de corpo delito e depois será encaminhado ao Centro Integrado de Segurança e Cidadania, onde será ouvido pelo delegado de polícia.

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=TwsS-9PZ2NM[/youtube]

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.