Durante as férias da Fórmula 1, Felipe Massa precisou conviver com dezenas de especulações de pilotos no seu lugar na Ferrari em 2014. Dentre os nomes citados estão Kimi Raikkonen, Nico Hulkenberg, Paul di Resta, dentre outros. Pressionado por bons resultados em razão da queda de rendimento após o bom início de ano, o brasileiro garantiu que a incerteza sobre seu futuro na escuderia de Maranello não o abala. Em entrevistas no paddock de Spa-Francorchamps, Bélgica, garantiu que os boatos entram por uma orelha e saem pela outra.

– Estou confiante e confiança é muito importante para qualquer situação. Não me importo com o que as pessoas dizem. Eu me importo com o que eu acredito e me importo com o que dizem as pessoas dentro da equipe, no que trabalhamos. Isso é o mais importante. Lá fora é muito menos importante do que parece – declarou ao site britânico “Autosport”.

Leia também:  Atleta da Seleção brasileira de Hóquei é assassinado com tiro na nuca em SP

Com contrato válido até o fim do ano com a Ferrari, Massa sempre deixou claro que sua prioridade é continuar na equipe, mas admite que está de olho no mercado. Entretanto, o piloto de 32 anos não deseja correr em um time mais fraco, cogitando até deixar a categoria.

Massa está em Spa-Francorchamps para o GP da Bélgica deste fim de semana, válido pela 11ª etapa da temporada 2013. Os treinos livres começam nesta sexta-feira. O brasileiro é o sétimo colocado no campeonato com 61 pontos. O alemão Sebastian Vettel, da RBR, lidera, com 172.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.