Principal companheiro de Neymar no primeiro mês no Barcelona, o lateral-direito Daniel Alves é também “cabo eleitoral na campanha” para que o camisa 11 assuma de vez a condição de titular do time. Em entrevista coletiva nesta sexta-feira, antevéspera da segunda partida da equipe no Campeonato Espanhol, contra o Málaga, fora de casa, em La Rosaleda, no domingo, às 16h (de Brasília), defendeu a tese que o atacante poderá ajudar cada vez mais a equipe se puder jogar um tempo maior.

– Neymar está com muita vontade de jogar, feliz, mais integrado ao grupo. No lado pessoal, está muito feliz, está em Barcelona. No aspecto físico e de trabalho está muito bem. Quanto mais minutos tiver, mais decisivo será – afirmou Daniel Alves.

Leia também:  Brasil vence a Holanda e tem desafio mortal contra os Estados Unidos

Na última quarta-feira, foi justamente Daniel Alves quem cruzou para Neymar fazer de cabeça seu primeiro gol pelo Barcelona, no empate por 1 a 1 do jogo de ida da Supercopa da Espanha, contra o Atlético de Madri, no estádio Vicente Calderón (assista no vídeo acima).
Vestido com um casaco pouco discreto, com estampa chamativa, o lateral lembrou do esquema de rodízio utilizado por Tata Martino na equipe catalã para explicar a reserva de Neymar nessas primeiras partidas.

– Aqui não tem titular ou reserva. Há jogadores para jogar, alguns mais cobrados, outros menos, mas todos têm que se sentir titular. Quem dá uma resposta positiva para o treinador, joga mais. Está pronto para ser titular – completou o lateral-direito.

Leia também:  Cuiabá Arsenal encara último rival da 1ª fase do brasileiro

Ferrari e oficina

Se ganhou mais uma opção para dar assistência, o lateral pode perder temporariamente outra. Messi saiu no intervalo do confronto contra o Atlético por causa de uma lesão na coxa esquerda e virou dúvida para a partida de domingo. Mesmo assim, o brasileiro não perde o sono por causa do provável desfalque do melhor do mundo.

– É normal, temos um corpo que às vezes não responde da maneira que queremos. Lesões no futebol são normais. Ele com certeza está preocupado porque quer jogar todos os dias. O futebol é a sua vida, mas é normal. As Ferraris também têm que parar um tempo na oficina. É polir um pouco para ficar ainda melhor. Essa é a idéia que você tem que ter – completou Daniel Alves.

Leia também:  Luve perde e está de volta à Zona da Degola
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.