Se nada der certo na negociação com Lotus, RBR e Ferrari, Kimi Raikkonen acaba de ganhar uma nova opção na carreira. O finlandês, que é o atual vice-líder da F-1, guiou, nesta sexta-feira, um carro da GP3 em Barcelona. O teste faz parte do desenvolvimento dos carros da categoria para 2014 e teve como propósito melhorar as condições de ultrapassagem com o bólido. A oportunidade só aconteceu graças à amizade entre Kimi e Afa Heikkinen, chefe da Koiranen GP. O “Homem de Gelo” completou um total de 58 voltas com a melhor volta de 1m34s780, mais do que meio segundo mais lento do que a pole position da categoria, em 2013.

Leia também:  União faz resultado e fica com título no sub-19

– Eu estava curioso para saber como era pilotar esse carro e até que é bem divertido. Notei problemas no comportamento do equipamento, mas conseguimos resolver quase todos. A GP3 é uma ótima ferramenta para pilotos novos, especialmente para aprender a gerenciar os pneus, como fazemos na F-1 – afirma Kimi Raikkonen.

O diretor técnico da categoria, Didier Perrim, disse que a opinião do “Iceman” é de extremo valor.
– Estamos muito contentes de ter tido a oportunidade de trabalhar com o Kimi. A sua experiência e conhecimento foram fundamentais e ele nos deu um melhor entendimento do que precisa ser feito para que o carro se torne melhor em ultrapassagens. Ele confirmou todas as nossas hipóteses e poderemos dar prosseguimento no desenvolvimento dos carros para a próxima temporada. Gostaríamos de agradecer a Kimi por vir testar conosco hoje e à Koiranen GP por fazer isso possível de acontecer – revelou Didier.

Leia também:  Brasil dá show em Cuiabá e avança no Grand Prix
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.