Milande Soulouque - Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT
Milande Soulouque – Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT

Milande Soulouque, 31 anos, afirma ser vítima de agressão física no início da tarde de quinta-feira (15) no Tend Tudo SuperCenter localizado na avenida Rui Barbosa, centro de Rondonópolis.

A vítima diz ter ido ao estabelecimento para comprar pão e que um funcionário do mercado a abordou alegando que a mesma estava roubando o mantimento, a agredindo com pancadas na nuca, costela e no braço.  Milande assegura que estava com o cupom fiscal nas mãos no momento em que foi agredida.

A vítima é Haitiana e esta grávida de três meses. Após a agressão Soulouque pediu ajuda de amigos, onde um deles foi até o mercado para solicitar explicações, e  foi mandado embora sem respostas.

Leia também:  Festrilha 2017 supera expectativas e atrai mais de seis mil pessoas em Rondonópolis

Quase uma semana após o acontecimento, na tarde desta terça-feira (20) a vítima juntamente com a representante da ONG Brasilhait Isabel Alves esteve presente na Câmara Municipal de Rondonópolis para pedir apoio ao legislativo. Isabel afirma que ela e o esposo desenvolvem um trabalho para acolher os Haitianos e usam recursos próprios.

A presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (CMDM) Mara Oliveira, afirma que irá pedir rapidez no processo. “Essa pessoa tem que pagar pelo que fez. Desde quando os haitianos chegaram aqui eles estão passando por discriminação. Vamos mostrar que a nossa cidade é hospitaleira” afirma Mara.

Nossa equipe de reportagem entrou em contato com a gerente administrativa e financeira do supermercado, Andrea Ferreira de Oliveira, e a mesma afirma não ter conhecimento sobre o assunto.

Leia também:  Jogos da Juventude | 14 equipes representarão Rondonópolis na etapa regional

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.