Electra Glide Ultra Limited, lançada nos EUA, já tem o refrigeração mista (Foto: Divulgação)
Electra Glide Ultra Limited, lançada nos EUA, já tem o refrigeração mista – Foto: Divulgação

A Harley-Davidson anunciou, nesta quinta-feira (29), que a linha touring 2014 terá motores mais modernos também para o Brasil. Esses propulsores têm refrigeração líquida e, assim, esquentam menos e passam a ter torque maior. A confirmação foi feita durante as comemorações dos 110 anos da marca, em Milwaukee, nos Estados Unidos.

O novo motor é chamado Twin-Cooled High Output Twin Cam 103r,, com refrigeração mista de líquido e a e tem 1.690 cilindradas. Ele oferece 10,7% mais torque que a versão básica do mesmo motor sem esta tecnologia –a Harley não divulga a potência das motos.

O novo motor será apresentado no Brasil durante o Salão Duas Rodas, em outubro, com previsão de chegar às lojas em janeiro próximo. Mas a fabricante ainda não divulgou que modelos serão equipados com essa tecnologia no país.
Nos EUA, a Electra Glide Ultra Limited e o Tri Glide Ultra Classic, que é um triciclo, já contam com a nova geração de propulsores.

Leia também:  Mulher mata namorado brincando com arma de fogo nos EUA

BOM PARA LOCAIS QUENTES

Esta nova tecnologia traz um misto de refrigeração a ar e líquida. Além de melhorias de desempenho, ela faz com que as motos esquentem menos, uma reclamação comum de quem usa Harley no Brasil, por causa do clima mais quente. “Este novo motor mantém a performance em todas as temperaturas”, diz Matthew Levatich, presidente da Harley-Davidson Motor Company. “É muito bom para locais quentes como o Brasil.”

Voltado a modelos touring, de motos grandonas, de estrada, esse sistema é chamado pela marca de “refrigeração líquida de precisão”, na qual o arrefecimento com líquido ocorre nos cabeçotes. A novidade quebra com a tradição da marca de optar pelos tradicionais motores com refrigeração apenas a ar.

Leia também:  Mãe é investigada por tentar enviar recém-nascido enrolado em plástico para orfanato na China

É uma grande mudança feita pela marca em sua linha clássica. Só a linha V-Rod era alvo de diferenças tecnológicas e de estilo, o que faz ela ser considerada “fora do ninho” pelos clientes da H-D. A V-Rod já possuía motores com refrigeração líquida, mas, no caso de Muscle e Night Rod, trata-se de outro motor e sistema.

Questionado sobre uma possível resistência dos saudosistas pela refrigeração a ar, Levatich disse que não haverá problemas.“Os clientes estão entusiasmados com a nova ideia, todos vão querer, pois é um avanço”, enfatizou o executivo.
Além disso, a linha touring 2014 recebeu outras atualizações importantes, como freios mais fortes e sistema multimídia sensível ao toque.

Leia também:  Ex-diretor do FBI vai testemunhar no senado sobre relação de Trump com a Rússia
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.