A terceira idade (pessoas com 65 anos ou mais), no Brasil, representa 8,6% da população total do País. De acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), da década de 1990 para os anos 2000, a população de terceira idade cresceu 17%.

No Brasil hoje são cerca de 20 milhões de idosos e a projeção para 2025, esse número deve passar para 32 milhões de pessoas. Por se tratar de uma faixa etária que tem crescido e que expira cuidados especiais, o deputado Emanuel Pinheiro (PR) apresentou projeto de lei para garantir o atendimento digno aos idosos no Estado.

A proposta visa implantar em todos os municípios de Mato Grosso as Unidades de Apoio para Idosos (UAI), que ofereçam oportunidades de valorização através de acompanhamento de médico geriatra, enfermeiro, psicólogo, terapeuta ocupacional, professor de educação física, assistente social, fisioterapeuta e nutricionista.

Leia também:  Testemunhas, peritos e réus devem ser ouvidos em audiência sobre chacina em Colniza

Segundo o parlamentar, o espaço deverá ser cedido pelo município e o governo do estado deverá proporcionar condições aos municípios para implantação e manutenção da unidade. O funcionamento será nos dias úteis, das 7 às 18 horas.

“Pretendemos melhorar as condições de convívio social e elevar a autoestima dos idosos”, defendeu Emanuel Pinheiro ao lembrar que o Poder Público tem o papel de disponibilizar a terceira idade o direito à vida, saúde, alimentação, educação, cultura, esporte, lazer trabalho, cidadania, liberdade, dignidade e respeito, bem como garantir ao idoso o convívio familiar.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.