Um dos cinco foragidos acusados de assaltarem um casal de fazendeiros, há cerca de 170 quilômetros de Rondonópolis, na região do pantanal itiquirense, no último sábado (24) e na fuga trocarem tiros com a polícia (Saiba Mais), saiu de seu esconderijo nesta quarta-feira (28) e foi pedir comida em uma fazenda de uma multinacional em esmagamento de soja. A informação foi confirmada ao Site AGORA MT pelo comandante da Força Tática, capitão Gleber Candido Moreno.

Segundo o capitão, o suspeito estava sozinho e não levou nenhum tipo de alimentação, apenas comeu e foi embora. “Os funcionários da fazenda tentaram ‘enrolar’ o bandido no intuito de segurá-lo, porém desconfiado o assaltante almoçou e fugiu novamente para a mata”, diz.

Leia também:  Sinop | Polícia Civil prende pai acusado de estuprar a filha deficiente

O comandante do 5º BPM, Major Sandro Barbosa, disse que o serviço de inteligência da Polícia Militar (PM) está investigando e já descobriu que o grupo se desarticulou e que inclusive, três deles já foram resgatados por terceiros.

“Estão escondidos em Rondonópolis, ainda não podemos dizer os nomes para não atrapalhar nas investigações, mas dentro desta semana já estaremos dando um posicionamento à sociedade, é só uma questão de achá-los”, finalizou o Major.

LEIA TAMBÉM – Força Tática encerra buscas a quadrilha que assaltou fazenda no Pantanal

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.