Foto: assessoria
Foto: assessoria

A Comissão Organizadora do Julgamento Racial da 41ª Exposul, inovou mais uma vez, e começou os trabalhos anunciando a criação de um troféu que leva o nome do tratador “Nilson Soares de Brito”, falecido recentemente aos 33 anos de idade, como forma de homenagear os profissionais “Tratadores” considerados peças extremamente importantes na engrenagem do processo de produção, criação e tratamento dos animais de elite no complexo show das raças.

JULGAMENTO

Três juízes membros da Associação Brasileira dos Criadores de Zebu – ABCZ de São Paulo (SP) iniciaram na manhã desta segunda-feira (12), na “Pista de Conformação” José Pinto, o julgamento racial dos 256 animais Nelore PO (mocho e padrão), inscritos para a edição da 41ª Exposul.

Leia também:  Ingressos para a 3ª Edição do Cerrado Fuzz Festival estão à venda

Os especialistas avaliarão em dois turnos diários (manhã e tarde), as características genéticas e padrões raciais dos animais apresentados, representativos dos melhores criatórios regionais, devendo eleger os melhores exemplares da raça nesta edição da feira agropecuária de Rondonópolis.

Os juízes Valdecir Marin (J1), Conrado Girardi (J2) e Jandovi Prandi (J3), já iniciaram o processo de avaliação dos animais, cuja etapa final será realizada na quinta-feira (15), a partir das 8h, devendo se estender até as 16h, com a premiação e classificação das diversas categorias, como Grande Campeão (ã), Reservado Campeão (ã), Bezerro e Novilha Campeã, Novilha e Bezerro Reservado Campeão entre outras.

TROFÉU MELHOR TRATADOR

O vice presidente do Sindicato Rural e coordenador da Comissão de Bovinos da Exposul, Francisco Pugliese de Castro (Chico da Paulicéia), ex patrão do tratador Nilson Brito, mais conhecido como “Boró”, falou sobre o ex- funcionário que trabalhou em suas propriedades por mais de 20 anos. Chico lembrou a importância do trabalho do profissional no desenvolvimento dos animais Nelore de elite da Fazenda Paulicéia, a exemplo do touro raçador Panagpur, um dos animais mitológicos do Nelore brasileiro.

Leia também:  Crianças de Mato Grosso aprendem sobre DNA e Biotecnologia com peça de teatro gratuita

“O Nilson era um apaixonado pelo que fazia! Esse tipo de trabalho de tratar dos animais, a pessoa só segue na lida se gostar realmente, e o Boró era um desses apaixonados”, repassa Chico da Paulicéia. O tratador Nilson Soares, faleceu no último dia três de agosto, num acidente de moto na MT-130, próximo à localidade conhecida como “Balança”.

“Por isso, a partir de agora, o recém criado “Troféu de Melhor Tratador da Exposul”, vai levar o nome do Nilson e será entregue todos os anos, durante o julgamento racial ao melhor tratador, eleito pelos próprios colegas como o profissional “mais talentoso e boa praça” entre eles”, garante o dirigente sindical. Os organizadores prometem ainda uma homenagem póstuma ao Nilson Brito, na próxima quarta-feira (14), no encerramento do Julgamento racial.

Leia também:  ACIR confirma participação em evento científico do IFMT

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.