A maior fatia do varejo alimentar no Brasil é composta por micro e pequenas empresas, revela estudo da Serasa Experian que está sendo apresentou nesta segunda-feira, 05, na 33ª Convenção Anual do Atacadista Distribuidor e 16ª Sweet Brasil International Expo – ABAD 2013 Fortaleza. O levantamento aponta que 85% dos estabelecimentos atuantes no segmento são micro – 47% do total, com faturamento anual entre R$ 60 e R$ 360 mil – e pequenos negócios – 38%, com ganhos entre R$ 360 mil e R$ 3,6 milhões ao ano. Os empreendedores individuais representam 12,7% deste mercado e faturam até R$ 60 mil anualmente.

O estudo mostra ainda a distribuição regional dos estabelecimentos. Metade do total (50,2%) está alocada no Sudeste; 20% no Sul e 18% do varejo alimentar são da região Nordeste. Já as regiões Centro Oeste e Norte concentram, respectivamente, 7,1% e 4,5% do setor. Outro dado revelado diz respeito à representatividade de empreendedores individuais em cada região do Brasil. No Nordeste, para cada 100 varejo alimentar, 17 são empreendedores individuais. Na região Norte esta relação é ainda maior, chegando a 21 empreendedores individuais. No Centro-Oeste, eles são 16, no Sudeste 11 e no Sul 8 empresários individuais a cada 100 estabelecimento alimentar.

Leia também:  Governo dá primeiro passo para concessão do Marechal Rondon e mais 4 aeroportos de MT

No primeiro semestre deste ano, o Indicador Serasa Experian de Atividade do Comércio registrou alta de 6,1% na atividade do varejo alimentar, um desempenho considerado bom pelos especialistas e que denota a capacidade de crescimento deste mercado.

Segundo o diretor do segmento atacado da Serasa Experian, Nilson Gomes, o estudo revela o mapa do varejo alimentar no país e mostra a relevância das micro e pequenas empresas na distribuição dos produtos para as famílias brasileiras. “Os números ressaltam o papel fundamental do atacadista na cadeia produtiva nacional”, diz o diretor. “O grande varejo compra diretamente da indústria, enquanto o pequeno estabelecimento conta com a alta capilaridade de atuação do atacadista distribuidor.”

Os varejistas de pequeno e médio portes são a maior demanda do atacado. Com isso, saber onde estão localizadas estas empresas e conhecer as características das regiões do Brasil, é essencial para o dia a dia dos empresários atacadistas. Durante a ABAD 2013, que termina no dia 8 de agosto, a Serasa Experian também apresenta suas soluções de marketing objetivando apoiar e expandir os negócios do segmento atacado e distribuidor, voltadas a estabelecimentos de todos os portes: da pequena empresa ao grande atacado, permitindo que o empresário tenha acesso a maior base de dados de marketing do país.

Leia também:  Tangará da Serra é 10º município a receber Caravana da Transformação

As ferramentas viabilizam o trabalho com dados 100% tratados e padronizados, além de confirmar informações cadastrais com mais rapidez e praticidade, identificar e localizar potenciais clientes em novos mercados de interesse. Essas funcionalidades garantem uma comunicação mais eficiente e dirigida ao pequeno varejo. “São soluções de marketing aptas a enfrentar os desafios de um segmento cada vez mais competitivo”, afirma Nilson.  Segundo o diretor, hoje existe uma gama de dados que precisam ser transformados em inteligência. As soluções de marketing da Serasa Experian podem auxiliar os atacadistas distribuidores na localização de novos clientes, no relacionamento com as empresas e na estratégia de expansão para novas regiões e novos modelos de negócios. Com estas soluções o atacadista distribuidor poderá conhecer, ainda mais, o perfil do varejo alimentar.

Leia também:  Disponível o gabarito do concurso para apoio administrativo da Seduc

Há mais de dez anos a Serasa Experian trabalha ao lado das empresas que compõem a ABAD (Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores de Produtos Industrializados) e suas filiadas e aprofunda constantemente seu conhecimento nas necessidades e desafios do segmento e entende os diferentes modelos de negócio.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.