O Papa Francisco saudou os muçulmanos durante a missa deste domingo (11), na praça de São Pedro, no Vaticano. Bergoglio se referiu aos muçulmanos como “nossos irmãos”, e disse que tinham acabado de concluir seu mês sagrado do Ramadã, dedicado ao jejum, às orações e às esmolas.

O Papa falou da janela de seu escritório, com vista para a praça, para milhares de peregrinos reunidos sob o forte calor do verão italiano, que aguardavam pela bênção de Bergoglio.

O pontífice pediu a cristãos e muçulmanos que trabalhem juntos para promover o respeito entre as religiões, educando as novas gerações.

Diferente de seus antecessores, que passavam o verão na residência papal de Castel Gandolfom longe da capital, onde o clima é mais ameno, Francisco escolheu continuar trabalhando no Vaticano durante a temporada de férias.

Leia também:  Vírus da zika pode matar células de tumor cerebral

Segundo a rede “BBC”, o Papa está preparando grandes reformas na burocracia da Igreja Católica, em resposta aos escândalos envolvendo as finanças do Vaticano e às acusações de abuso sexual de menores por parte do clero.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.