[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=P-WIAB3QuBI&feature=c4-overview&list=UUCUete_T6eFKbuUNfvFx40A[/youtube]

As pessoas ainda não fazem tanta utilização de frutas na alimentação como deveriam. A nutricionista Renata Tumelero ressalta a necessidade de um maior consumo de frutas.

A nutricionista reforça que além da quantidade as pessoas devem procurar consumir uma variedade maior para que possa refletir em uma saúde melhor.

CONHEÇA A INDICAÇÃO DE ALGUMAS FRUTAS

A maçã é indicada para dar saciedade e reduzir o inchaço, além de oferece outras vantagens, como a presença de pectina, um tipo de fibra solúvel que se transforma em gel no estômago e arrasta a gordura para fora do organismo.

O abacate é rico em gordura monoinsaturada, fonte de ácido oleico, a mesma gordura do azeite de oliva, que protege os vasos sanguíneos e o coração contra infartos, tromboses, entupimento das veias, doenças cardíacas e bloqueia a ação do LDL, chamado de colesterol ruim.

Leia também:  Saiba qual a idade real do seu corpo

A banana, principalmente quando está verde, tem substâncias que protegem as paredes estomacais, favorecendo quem sofre com gastrite e azia.

O limão para quem tem diabetes. A alta concentração de ácido nicotínico no limão protege as artérias, prevenindo problemas cardiovasculares, uma tendência para quem tem a doença. O alimento também diminui a viscosidade do sangue, o que é essencial, uma vez que, junto com o diabetes, existem alterações que predispõe a um maior risco de trombose.

A uva é uma fruta rica em antioxidantes. As pró-antocianidinas, presente principamente nas cascas e sementes da fruta, são consideradas super antioxidante, 20 vezes mais potente que a vitamina C e 50 vezes mais que a vitamina E.

A acerola é a fruta mais rica em vitamina C, que é muito importante para o sistema imunológico, pois participa da produção das células de defesa do organismo além de modular o funcionamento da nossa proteção natural.

Leia também:  Leguminosas afastam o diabetes

O morango é ideal para blindar o coração. Um estudo conduzido pela Harvard School of Public Health em Boston (Estados Unidos) demonstrou que mulheres que consumiam morangos e mirtilos tinham menos chances de infartos do miocárdio. A grande responsável pelo benefício é uma substância chamada antocianina, presente em frutas de coloração vermelha e azul. Além de ajudar a reduzir a pressão graças à procianidina.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.