O mundo das lutas é conhecido por ser um ambiente bem masculino, mas a nova ring girl do UFC se diz preparada para lidar com o assédio dos homens. Anunciada nesta sexta-feira como a nova musa do Ultimate no Brasil, Jhenny Andrade prometeu usar seu passado como conselheira amorosa para brilhar e conquistar o carinho dos amantes do MMA.

Ao longo de seis anos, Jhenny teve uma coluna na revista VIP chamada de “Namorada Perfeita”, onde dava dicas e conselhos amorosos para os homens. E é justamente por esse motivo que a beldade de 25 anos se diz pronta para lidar com a pressão de ser a nova ring girl verde-amarela.

Leia também:  Times de Mato Grosso vão mal na rodada de final de semana

“Estou pronta para assumir a função. Como trabalhei por seis com o universo masculino, já sei o que me espera”, comentou a especialista em sedução. “Sou modelo desde os seis anos e também já trabalhei como apresentadora. Esta é uma experiência nova para mim, mas estou muito animada”, completou.

Jhenny também se diz uma amante das lutas. A paulista de Ribeirão Preto disse que começou a gostar de MMA assistindo a um combate de José Aldo, justamente o protagonista do evento de estreia da ring girl neste sábado à noite, na Arena HSBC.

“Gosto muito de lutas, mas ainda não pratico. Quero começar a treinar boxe assim que possível”, ressaltou a musa pouco antes de admitir que tem um namorado pouco ciumento. “Ele entende o meu trabalho, não vai ter problemas”.

Leia também:  Copa Federação pode ter jogos às segundas

O Ultimate anunciou a contratação de ring girls brasileira pela primeira vez no UFC São Paulo, em janeiro. Na ocasião, Camila Oliveira e Aline Franzoi assumiram o posto, mas só a primeira continuou na franquia. “Gosto muito da Arianny Celeste e da Camila, que é muita simpática”, explicou Jhenny, citando a principal beldade do UFC e sua nova companheira de trabalho brasileira.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.