Davis na 41ª Exposul - Foto: Varlei Cordova / AGORA MT
O Robô na 41ª Exposul – Foto: Varlei Cordova / AGORA MT

Davis Icomena Thainama, 24 anos, o Robô, resolveu ganhar a vida como estátua viva há sete anos, quando ele imitava em danças, o pop estar Michael Jackson, na cidade de Iquitos no Peru.

Na reportagem exclusiva dada ao Site AGORA MT, o jovem Davis disse que tem sonho de fazer uma faculdade. “Tinha um sonho de estudar, ainda tenho, mas agora quero fazer algo que seja ligado ao meu trabalho, à arte e a dança. Como não tive dinheiro, comecei a me apresentar, e hoje faço estátua viva”, afirmou dizendo que ainda quer ser um ator profissional.

Ainda segundo Davis, ser estátua viva o ensinou muitas coisas. “Há todos os tipos de pessoas, tem gente que colabora, outros não, uns te elogiam outros criticam, mas aprendi que esse é o viver. Nessa vida chego a tirar R$ 100 por noite e assim vou me mantendo”, revelou.

Leia também:  Justiça concede liminar contra Lei de estacionamento no Shopping

Em todas as doações, o personagem Robô, que fica oito horas em pé por noite de apresentação, entrega ao espectador um papel, que vem escrito uma frase de motivação, cada uma diferente do outro.

“Se só buscarmos na vida interesses, a qualquer momento, você irá perder o interesse em sua vida. Obrigado pelo apoio às artes”, texto escrito no papel dado pelo personagem Robô.

Davis que não tem família veio a Rondonópolis juntamente com outros amigos peruanos para trabalhar na 41ª Exposul.

Foto: Arquivo Pessoal
Davis – Foto: Arquivo Pessoal

MARIA BONITA DOURADA
Na 41ª Exposul, também havia a personagem Maria Bonita, porém ela preferiu resguardar sua identidade.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.