Uma operação da Polícia Judiciária Civil com apoio da Polícia Militar prendeu em flagrante a proprietária de boate no distrito de Espigão do Leste, em Canabrava do Norte (1.215 km a Nordeste). A acusada Francisca Cláudia de Araújo, 25 anos, conhecida como “Adriana” foi presa pelos crimes de posse ilegal de arma de fogo e exploração sexual.

Após investigações, policiais civis tiveram informações de que na boate acontecia uma apresentação erótica, com garotas de programa menores de idade. Em diligências no local, a equipe de investigadores encontrou no guarda roupa da proprietária do estabelecimento, um revólver calibre 32 e seis munições do mesmo calibre.

Uma criança de 9 anos, que morava no local em que eram realizadas exploração sexual e uso de entorpecentes, foi identificado como filho da proprietária da boate e encaminhado ao Conselho Tutelar.

Leia também:  Dupla rouba motocicleta enquanto transitavam em via pública

Além da acusada, outras cinco pessoas foram detidas e encaminhadas a Delegacia de Canabrava do Norte, onde prestaram esclarecimentos.

A proprietária da boate foi autuada em flagrante e posteriormente conduzida a Cadeia Pública de São Félix do Araguaia (1.200 km a Nordeste).

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.