Justino Moreno de Oliveira - Foto: assessoria
Justino Moreno de Oliveira – Foto: assessoria

Justino Moreno de Oliveira, 33 anos, foi preso pela Polícia Militar (PM) de Guiratinga (110 km de Rondonópolis) em uma ação conjunta com a Polícia Civil, na noite desta segunda-feira (26), por tentativa de homicídio e porte ilegal de arma de fogo, na Chácara Toca da Onça, Distrito do Vale Rico.

Os policiais receberam denúncias via telefone móvel, que no Distrito do Vale Rico, estava ocorrendo uma briga onde envolvia arma de fogo. Os PMs deslocaram até o Sitio Iracema, ao chegar no local a vítima informou que o suspeito chegou para receber uma conta que estava quitada.

Justino havia trabalhado para a vítima a cerca de dois anos atrás. Após uma discussão, o suspeito sacou a arma da cintura quando foi surpreendido pela vítima e sua esposa, vindo a desarmá-lo acionando a PM, o suspeito saiu entre os pastos tomando rumo ignorado.

Leia também:  Delegada dá detalhes sobre caso da mãe e crianças mantidas em cárcere privado em Rondonópolis

Diante das informações os policiais intensificaram as buscas na mata sendo localizado, já na Chácara Toca da Onça de sua propriedade, no Distrito do Vale Rico.

No local durante buscas, foram encontrados dentro da residência, 01 revolver calibre 38,  3 munições intacta calibre 38,  1 Pote branco com uma porção de chumbinho em formato de esfera, 1 pote verde contendo uma substância aparentando ser pólvora,  1 cartucho deflagrado calibre 38, 2 cartuchos deflagrados calibre 36,  3 cartuchos deflagrados calibre 32 e 7 pedaços de chumbo pequenos.

Diante dos fatos o suspeito foi detido e encaminhado para Delegacia de Polícia Civil de Guiratinga, onde as vítimas compareceram e reconheceram o suspeito.

Leia também:  Motorista do Uber é agredido por taxistas, mesmo não sendo culpado por acidente
Arma e munições encontrados com o suspeito - Foto: assessoria
Arma e munições encontrados com o suspeito – Foto: assessoria
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.