O endocrinologista responsável pelo Programa de Diabetes da SMS, Arthur Emilio – Foto: Ronaldo Teixeira/AGORA MT
O endocrinologista responsável pelo Programa de Diabetes da SMS, Arthur Emilio – Foto: Ronaldo Teixeira/AGORA MT

Cerca de 20 servidores da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) auxiliam, na manhã deste sábado (21), da 2ª etapa do Mutirão de Diabetes. Os pacientes que foram convocados pelo Postos de Saúde da Família (PSF) serão avaliados quanto a performance metabólica e do fundo do olho e o grau da doença para prevenir as complicações. A ação foi realizada nas dependências do CEADAS.

O endocrinologista, Arthur Emilio, médico responsável pelo Programa de Diabetes da SMS, disse que Rondonópolis tem cerca de 3 mil diabéticos registrados na rede e o mutirão  tem como finalidade observar e dar uma atenção especial principalmente para as pessoas que apresentam complicações decorrentes da doença e aguardam algum tipo de encaminhamento.

Leia também:  Rotaract Club de Rondonópolis realiza troca de diretoria para 2017/2018

“As pessoas não tomam os cuidados necessário, outras nem ao menos procuram saber se possui ou não a doença, por mais que tenha casos na família. Queremos eliminar a fila de espera pelos exames e principalmente dar encaminhamento nos cuidados das pessoas que começam e já apresentam complicações em razão da doença, como por exemplo, a cegueira”, frisou o endocrinologista.

A secretária de Saúde, Marildes Ferreira, ressaltou a importância do mutirão, da prevenção de cuidados quanto a doença e observou que até o final do ano devam ser realizados mais duas ações para acabar com as filas e todos os diabéticos recebam o atendimento necessário.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.