“Antes só do que mal acompanhado”, isso foi o que o suplente de deputado federal, Roberto Dorner (PSD) quis dizer sobre o apoio de governador Silval Barbosa (PMDB). Dorner afirmou que aparecer junto com Silval Barbosa (PMDB) na campanha para as eleições de 2014 é o mesmo que “queimar o filme” com os eleitores, por isso “prefiro ser sozinho a ter Silval na minha campanha”, dispara Dorner.

Dorner contou que após várias promessas que o governo do Estado fez a e que na sua visão não foram cumpridas acabou se desiludindo. “A indignação com o Silval é muito grande”, afirma.

O estranho é que o pré-candidato faz ataques à gestão de Silval, que tem participação do seu partido, o PSD. Mas segundo fontes esse comportamento, no entanto, reflete um possível rompimento que já é cogitado por vários membros da sigla.

Leia também:  Jayme vai com Taques

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.